II Festival de Poesia da Cidade de São Paulo - Poemas inscritos

Sintonia

TÍTULO DO POEMA: Sintonia 
AUTOR DO POEMA: Leticia Marques
INTÉRPRETE: Leticia Marques

 

 

 

As palavras me fogem

Procuro um mundo

Meu velho mundo,

Onde tudo passe devagar

E eu possa tocar o que eu desejo ouvir.

Devagar, tudo que se foi me volta, deixando a sensação que o para sempre, não existe e tudo é mutável.

Por cima do muro, descalça, há uma profunda sintonia de como quando, estávamos pertos.

Estamos a quatro passos e dessa vez não existirá abismo, a não ser do nosso interior.

Vou me deixar em paz enquanto as pernas aguentarem andar e puderem buscar o que me somar.

Feliz nunca vou estar, felicidade e tristeza hão de me acompanhar.

Equilíbrio louco me caracteriza, me intensifica.

Não se esqueça que eu tenho coração e agora apenas a sintonização, as energias que do buraco negro saltaram.

Vou me levar,

Caso não me achar.

Olhe por dentro de você.

Sincronizada.

Estarei lá.

comments