II Festival de Poesia da Cidade de São Paulo - Poemas inscritos

O amor não precisa de palavras

TÍTULO DO POEMA: O amor não precisa de palavras
AUTOR DO POEMA: Juliane dos Santos França
INTÉRPRETE: Juliane dos Santos França

 

  

 

 

Enquanto a chuva caia lá fora, era um calor escaldante, dentro daquele cômodo.

O calor, o qual nos tornou um só.

O som dos pingos d'água caindo sobre o telhado, o cheiro de terra molhada entrando pela janela,

e o vento, que não fazia jus ao calor de nossos corpos.

Prazer mais que absoluto foi viver aquele momento, a chuva virou cortina,

e o quarto virou o palco daquele momento. Foi lindo, artístico.

O que o amor pode fazer é absolutamente mágico, não há explicações,

apenas descrições bem externas, nada que possa ser interno e compatível à descrição exata.

Não há explicações, é como a morte, quem explicará a morte?

Ninguém. Só podemos opinar sobre como ela deve ser.

Assim como o amor, que não se explica, se sente.

Esses momentos são criados para que possamos sentir e viver o amor,

sem dizer um “a”; porque por mais que eu escreva aqui,

por mais que milhares de poetas, pensadores e escritores falem de amor,

são só palavras.

comments