II Festival de Poesia da Cidade de São Paulo - Poemas inscritos

Permanência

TÍTULO DO POEMA: Permanência
AUTOR DO POEMA: Maria Aparecida Fontenele
INTÉRPRETE: Maria Aparecida Fontenele

 

 

 

 

Mar de ilustre sensação:

aquém que horizonte de solidão,

respirei o ar do alvorecer.

Paixão foi-se embora, 

outrora batia à minha porta 

beirando a macieira esgalhada

 

canção que dá frutos

e sombras entre-sombras

 

Mas espreita-me e reluz a gema preciosa.

Resplende e sonda-me

cá até o fim esta forma inconstante

além de portas que se abrem

quintal de fundo

alma de maçã

 

luz que sai da pedra.

comments