II Festival de Poesia da Cidade de São Paulo - Poemas inscritos

Haja coragem

TÍTULO DO POEMA: Haja coragem
AUTOR DO POEMA: Alika Finotti
INTÉRPRETE: Alika Finotti

 

 

 

Não sobra tempo para jogar o tempo fora

quando se busca a felicidade.

Não sobra tempo para esperar que as coisas caiam do céu

Não sobra tempo para argumentar sobre as falhas de lógica

do plano divino da criação.

Ainda temos tempo

de nos levantarmos

de sacudirmos a poeira de gerações, de milênios.

Temos tempo de amar e honrar

as dádivas recebidas

temos tempo de respirar o ar puro

e saciar nossa sede com água cristalina.

Enfim entendo minhas grandes ambições

Ingênuas tentavam agarrar a paz com as duas mãos

apertar-lhe como quem não sabe nem pode desejar o que deseja.

A paz

meu amigo, minha amiga

A paz porém

É borboleta

que vem arrondando arrondando o jardim -

não se lhe esmaga entre dedos febris.

Haja coragem de sermos imperfeitos

Haja coragem de sermos vulneráveis.

Porque aquilo que nos faz frágeis

é o mesmo que nos faz belos

E a beleza é a suprema força.

Se você tem um dom, use.

Se você tem um instrumento, toque.

Se você tem um sonho, batalhe.

Se você tem um coração batendo,

Ame.

 

comments