II Festival de Poesia da Cidade de São Paulo - Poemas inscritos

Lágrimas

TÍTULO DO POEMA: Lágrimas
AUTOR DO POEMA: Denise Cassemiro
INTÉRPRETE: Denise Cassemiro

 

 

 

 

Lágrimas são salgadas
Tão salgadas e tão amargas quanto minha vida
As lágrimas caem da mesma forma que alguém cai de um precipício
Cada lágrima é uma dor
E cada dor é um pedaço de minha alma que a desgraça consome
Penso que um dia as lágrimas vão secar
Ledo engano, pois elas nunca secam
E por isso as dores nunca se vão
As lágrimas caem sobre o chão frio
Desse quarto sombrio
Minha sombra é minha unica companheira
Meu mundo caiu
Junto de minhas lágrimas
Que só irão secar
Quando meu fim chegar

comments